sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

FLAGRANTES & INSIGHTS


Foto meramente ilustrativa

TÁ BOM?

Elmar Carvalho

Virou verdadeira praga o uso da expressão tá bom. A propósito de tudo ou até mesmo em flagrante despropósito a pessoa intercala ou finaliza seu discurso com essa pergunta. Quando eu me aproximava de certa repartição, o servidor que ia saindo, meu conhecido, cheio de simpatia e mesuras, foi logo me advertindo que eu não poderia ser atendido, pois o “sistema estava fora do ar”. Após essa desagradável informação, sapecou-me um tá bom? Eu, pegado de surpresa, absurda e idiotamente respondi “tá bom”. Na verdade, eu deveria ter respondido “tá mau, muito mau”.

Um comentário:

  1. Joserita Maria de Melo Carvalho28 de janeiro de 2011 21:48

    rsrsrsrs
    Mas acho que todo mundo responde sempre um tá bom mesmo, quando na realidade deveria era responder um tá mau.

    ResponderExcluir