domingo, 20 de fevereiro de 2011

FLAGRANTES & INSIGHTS


OLHO DE DEUS

Elmar Carvalho

Recebi e-mail, enviado pelo poeta Francisco Miguel de Moura, encaminhando-me uma fotografia do Olho de Deus. Consta, no anexo, que essa imagem só aparece a cada três mil anos, e que a foto já “produziu milagres em muitas vidas”. Solicita que a pessoa faça um pedido. Por fim, diz que a pessoa verá mudança em sua vida. Na verdade, trata-se de uma fotografia da nebulosa Helix, captada pelo telescópio espacial Hubble e divulgada pela NASA. Não fiz apenas um pedido; fiz vários. Pedi a Deus para me dar paciência, juízo, sabedoria, e que me fizesse um instrumento de sua vontade, mas me desse as qualidades necessárias para isso. Quando, atendendo a recomendação da mensagem, fui enviá-la a várias pessoas, observei que a seta de clicar estava piscando intensa e rapidamente, como nunca eu tinha visto antes. Pensei até que o clique para o repasse do e-mail não iria funcionar, mas funcionou sem nenhum problema. Interpretei esse pisca-pisca como uma sinalização de que Deus me havia escutado. Humildemente, contudo, devo dizer que não sei se Ele irá atender a minha prece, porquanto posso não estar preparado para receber o que pedi. Entretanto, como se diz na linguagem forense, reitero o que pedi e espero deferimento.

3 comentários:

  1. Nas horas de aflição a gente se põe mesmo em contato com a divindade, o todo. E o correto, dizem os teólogos, justamente agradecer o já recebido e colocar-se à disposição para "o que der e vier". Pedir coragem, somente para aceitar de bom grado. Afinal, a vida é um crédito, mas principalmente no final, esse crédito temque ser coberto. Que chamem a isto de prece. O nome não importa, no caso, visto que já sabemos bem o que significa.
    Achei interessante a sua postagem, ou "prece", que certamente será atendida, pois você é um cara legal, sabe querer e merece o que quer.
    Abraços
    O velho Chico (não o rio, mas eu mesmo).

    ResponderExcluir
  2. Caro "velho" Chico,
    Inicialmente, obrigado pelos seus comentários e por suas palavras de estímulo.
    Concordo com suas observações sobre a maneira de orar e sobre o crédito da vida,que, no final, assim como na contabilidade, tem que "fechar", pois sempre levaremos algum débito para a outra (vida) ou outra dimensão; sempre terá que haver um ajuste ou encontro de contas.
    Gostei da sua tirada do "velho" Chico, e ri, aqui, sozinho, em Regeneração.

    ResponderExcluir
  3. Joserita Maria de Melo Carvalho23 de fevereiro de 2011 07:31

    Realmente devemos sempre agradecer o "já recebido", pois Deus sempre atende a nossa prece, e nos dar alguma resposta. Seja a de nos conceder o que pedimos, a de nos negar ou a de esperar por um momento mais apropriado.

    ResponderExcluir