sexta-feira, 26 de abril de 2013

Palavras de meu filho João Miguel sobre a morte de sua avó




Hoje o céu está mais alegre. Os anjos cantam. Chega mais uma estrela para brilhar no paraíso. Passa agora um filme na minha cabeça dos momentos que passamos juntos, da alegria que cativava todos, da cumplicidade com a família, da sinceridade que transparecia em seu rosto. Infelizmente é o curso natural da vida, onde todos, em um momento, têm que deixar de fazer parte da vida do outro, de alguém de que você gosta, ama, e que a princípio acha que não consegue viver sem essa pessoa. Desejo muita força ao meu Vovô, que vai passar por esse momento terrível, delicado, de viver sem ela, após 58 anos juntos. Infelizmente não vou poder me despedir da minha vó pessoalmente, (sigo regras militares), mas com certeza nos encontraremos em outro plano. Até Vó.

João Miguel de Souza Carvalho

Um comentário:

  1. Joserita Maria de Melo Carvalho27 de abril de 2013 21:13

    É João Miguel infelizmente é o curso natural da vida. Que Deus conforte os nossos corações. Agora ficam as lembranças de todos os momentos maravilhosos que passamos juntos com ela.

    ResponderExcluir